Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Café Poesia

Um pouco de poesia com cheirinho a café

Até à vista!

Ilustração Sara Olmos

 

O vento bate frio e já não traz tua presença,

Já não oiço tua voz, nem sinto teu corpo macio,

Preferia que estivesses perto mesmo com indiferença,

Do que não saber por onde andas e sentir este vazio!

 

Sei que não fui o melhor que te poderia ter acontecido,

Sei que não te demonstrei o amor que em mim contenho,

Mas as lágrimas que em mim encerro,

Não vão acalmar meu coração enraivecido!

 

Sei que me vais esquecer,

Mas eu nunca esquecerei teus olhos brilhantes.

Tu tão pequenina no meu colo ao entardecer,

E muito menos tua alegria constante!

 

Sei que provavelmente não te voltarei a ver,

Sei que para mim serás apenas uma fotografia guardada,

Mas quero que saibas que nunca te irei esquecer,

E serás sempre por mim muito amada!

 

Sei que ainda pensas em mim,

Podem dizer o contrário mas eu sei que sim,

Mas agora chegou altura da partida, pois a vida é vã!

Vive feliz, até à vista minha amiga, minha irmã!

 

ano: 2009

Café Poesia 500px.png

Ilustração de Sophie Griotto

Segue a Mula aqui

Direitos de Autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
YUIK-NKGX-ZMZZ-SSI9

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março. Para alguma dúvida ou informação é favor contactar-me: E-mail: desabafosdamula@hotmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exclusivo Mula

Gestão do Blog

Pesquisar

 

Estatísticas

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D