Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café Poesia

Um pouco de poesia com cheirinho a café

Desabafos de uma vida inútil

Ilustração Olivia Linn

 

 

Em homenagem a Álvaro de Campos:

 

Perdido naquilo a que chamam vida,
Sofro com tudo aquilo que não sou!
Sofro com tudo aquilo que desejava ser...
...Saudades de ser verdadeiro!

 

Para quê esforçar-me,
Se a chuva que bate nas vidraças me tira a força?
Ping…ping... ping...
O ensurdecedor barulho do silêncio!

 

Só as pingas de água se fazem ouvir,
Também elas parecem sufocar,
Também elas parecem pedir ajuda!
Mas finjo não as ouvir,
Como os outros fingem quando por eles passo!

 

Quero ficar perdido entre os lençóis,
Dormir um dia, um mês, ou até quem sabe um ano!
Chorar sem que ninguém possa escutar o meu sufoco!
Mas... alguém escutaria mesmo?

 

Na realidade já o posso fazer...
Será isto que desejo na verdade?
Não! Desejaria que alguém me notasse,
Desejaria que alguém me apoiasse...
Mas apenas as pingas de água me conseguem realmente tocar!

 

Fico então aqui perdido,
Enquanto pelas molhadas janelas observo as ruas sujas,
Em que corpos desnudos se vagabundeiam.
Vida que corre a minha frente…
Morte que anda a par e passo...

 

Pobre ser, que assim tão novo,
Implora que a cova se abra e que lá caia!
Pobre ser, que tão prendado,
Deseje terminar tão depressa seu fado!

 

Outrora, cantei às alegrias, à revolução.
Agora... apenas à minha frustração!
Outrora, fui pneu que rolava por entre opulentos campos,
Agora... Sou apenas Campos que chora!

 

Agora.

 

Continuo vivendo na tristeza da vida,
Esperando que a felicidade da morte me leve,
Aguardo olhando para a vida que passa,
Ouvindo a chuva que bate na vidraça!

 

ano: 2008

6 comentários

Comentar post

Café Poesia 500px.png

Ilustração de Sophie Griotto

Segue a Mula aqui

Direitos de Autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
YUIK-NKGX-ZMZZ-SSI9

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março. Para alguma dúvida ou informação é favor contactar-me: E-mail: desabafosdamula@hotmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exclusivo Mula

Gestão do Blog

Pesquisar

 

Estatísticas

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D