Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Café Poesia

Um pouco de poesia com cheirinho a café

Desculpas

Ilustração de Cyril Rolando

 

Desculpa me pedes,

Desculpa… sem sentir!

Arrependido te tentas mostrar,

Mas vê-se que apenas estás a fingir!

 

Dizes sentir-te mal, pelo que fizeste ontem,

Mas no amanha voltas a repetir!

Não percebo o que queres,

Não percebo o que sentes,

Nem o que ganhas,

Ao me estares a mentir!

 

Como te queria entender,

Como gostava de te ajudar…

Mas tu pareces gostar de sofrer,

Por ti não me vou sacrificar!

 

És apenas um amigo,

Nada mais se é esse o teu medo!

Mas mesmo assim,

Continuas a brincar comigo!

 

Começo sem saber,

Se deva continuar a insistir!

Se deva continuar a me humilhar,

Se deva continuar com a esperança,

Que ao normal tudo irá voltar!

 

Um dia, quando eu desistir,

Não vai adiantar me procurares!

Vais então sentir a mágoa que eu senti!

Vais então dar valor a tudo o que vivi!

 

ano: 2000

Café Poesia 500px.png

Ilustração de Sophie Griotto

Segue a Mula aqui

Direitos de Autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
YUIK-NKGX-ZMZZ-SSI9

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março. Para alguma dúvida ou informação é favor contactar-me: E-mail: desabafosdamula@hotmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exclusivo Mula

Gestão do Blog

Pesquisar

 

Estatísticas

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D