Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café Poesia

Um pouco de poesia com cheirinho a café

Estranhos Momentos

Ilustração de Carmel Seymour

 

Estranhos momentos em que apareces sem ser chamado,

Em que me amas sem seres amado,

Em que fazes por me tocar

Apenas com o toque do teu olhar!

 

Estranhos momentos em que me sufocas de dor,

Por sentires meu estranho amor,

Que te ignora sempre que te quer,

Sempre que o meu corpo deseja ser tua mulher!

 

Estranhos momentos, aqueles em que surges da escuridão

E junto à esquina te mostras sem pudor

Apenas para me atormentar

Porque conheces a recusa de te amar!

 

Estranha eu, que mais feliz sou sem te ter,

Apesar do sofrimento que é ter-te longe

Não aguentaria ter que te abraçar,

Sabendo que brevemente te iria abandonar!

 

Estranha eu, que mergulhada de incenso,

Me escondo para que não vejas minha triste felicidade,

Para que penses que a pessoa que outrora existiu,

Já não mais existe... e por fim... morreres de saudade!

 

ano: 2007

4 comentários

Comentar post

Café Poesia 500px.png

Ilustração de Sophie Griotto

Segue a Mula aqui

Direitos de Autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
YUIK-NKGX-ZMZZ-SSI9

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março. Para alguma dúvida ou informação é favor contactar-me: E-mail: desabafosdamula@hotmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exclusivo Mula

Gestão do Blog

Pesquisar

 

Estatísticas

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D