Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café Poesia

Um pouco de poesia com cheirinho a café

Submissão

 Ilustração Harumi Hironaka

 

Berras junto aos meus ouvidos,

Mas não te consigo ouvir!

Esbofeteias sem pudor meu corpo,

Mas não te consigo sentir!

 

Tentas torcer os meus sentimentos sem razão,

Mas não me consegues alcançar,

E não sofre meu coração,

Com teu amargo aspar!

 

Vivem em mim sonhos e exultações,

Que outrora conheceste enquanto criança!

Esperanças de felicidade que outrora perdeste,

Com tua amarga matança!

 

Pensas que ainda sofro,

Mas há muito que se esgotaram as forças de sofrer!

Pensas que ainda choro,

Mas há muito que as lágrimas deixaram de correr!

 

Nada mais em mim podes destruir,

Porque já destruíste tudo o que havia.

Por isso não faz sentido partir,

Mesmo que me possas matar um dia!

 

No fundo, foi maior o amor que me deste,

Que a dor que me causaste,

E a teu lado vivo,

Já que sem ti, não sobrevivo!

 

ano: 2006

14 comentários

Comentar post

Café Poesia 500px.png

Ilustração de Sophie Griotto

Segue a Mula aqui

Direitos de Autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
YUIK-NKGX-ZMZZ-SSI9

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março. Para alguma dúvida ou informação é favor contactar-me: E-mail: desabafosdamula@hotmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exclusivo Mula

Gestão do Blog

Pesquisar

 

Estatísticas

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D