Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Café Poesia

Um pouco de poesia com cheirinho a café

Tanto Que Eu Não Te Disse

Ilustração de Alankrita Jain

 

 

Em homenagem ao livro de Marta Gautier!

 

A sombra das palavras me atormenta;

Me corrói os sonhos e lembranças…

O brilho dos teus olhos me atenta,

Mas também me faz perder todas as esperanças!

 

Solidão um dia virá,

Como forma de pagar pelos meus pecados!

Solidão comigo morrerá,

Como forma de não manter os mal-amados!

 

Mas porquê?

Por que é que me desfazes os sonhos?

Porquê tanto coração quebrado,

Coração que nem chegara a ser julgado!

 

Julgado?

Porquê?

Que mal fizera para merecer tal penitência?

Talvez suara junto de corpos incandescidos,

Mas não restam provas, nem a lembrança dos gemidos!

 

Tanto que eu não te disse,

Será tudo o que me restará um dia,

Palavras eternamente guardadas

Cartas com coisas tontas, que nunca te entregaria!

 

ano: 2005

Café Poesia 500px.png

Ilustração de Sophie Griotto

Segue a Mula aqui

Direitos de Autor

Copyrighted.com Registered & Protected 
YUIK-NKGX-ZMZZ-SSI9

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março. Para alguma dúvida ou informação é favor contactar-me: E-mail: desabafosdamula@hotmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exclusivo Mula

Gestão do Blog

Pesquisar

 

Estatísticas

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D